ENCICLOPÆDIA

BIOGRÁFICA DE

ARQUITETAS e ARQUITETOS

DIGITAL 

"EBAD" - DESDE 2015 - by Silvio Durante
Jurandyr Bueno Filho
♦  abril 1942, Bauru (Brasil)
† 06 de fevereiro de 2009, Bauru (Brasil)

PERFIL BIOGRÁFICO:

 

Nascido em 1942, em Bauru, interior do Estado de São Paulo. Filho caçula da senhora Zibelina Bueno, dona de casa e Jurandyr Bueno, trabalhador ferroviário da Noroeste do Brasil (NOB), muito conhecido na cidade e que foi candidato à prefeito nas primeiras eleições ocorridas após o fim do Estado Novo de Vargas, no ano de 1947. No pleito, o pai de Jurandyr Bueno Filho ficou em sexto lugar, obteve 321 votos, contra os 2261 votos do primeiro colocado, Otávio Pinheiro Brisolla. Este fato influenciaria Bueno Filho a seguir carreira na política anos mais tarde, embora Bueno Filho tenha perdido o pai com apenas 4 anos de idade.

 

Sempre gostou de desenho e aos 10 anos frequentou aulas de desenho em uma escola particular de Artes Plásticas de Bauru, e aos 15 anos, após uma conversa com Carmecita Ponce, filha do pintor bauruense Antônio Ponce, que na época era aluna de arquitetura da Universidade de São Paulo (USP), Bueno Filho decidiu que faria arquitetura.

 

Graduou-se em Arquitetura e Urbanismo na USP em 1967, onde foi colega de turma de Chico Buarque, também estudante da USP naquela época. Ainda na USP, Bueno filho fez pós-graduação, obtendo a titulação de Mestre nesta mesma área. Deu aulas no curso de Arquitetura na Universidade Estadual Paulista (UNESP) de Bauru de 1984 até 1996.

 

Na década de 70, Jurandyr foi vice-prefeito de Bauru na gestão de Edmundo Coube, comandou a Secretaria Municipal de Planejamento Urbano durante os mandatos de Osvaldo Sbeghen e Alcides Franciscato. Foi nesse período que ele realizou grandes obras públicas que, segundo opiniões, modernizaram Bauru.

 

Um de seus principais projetos executados é o Parque Vitória Régia de Bauru, projetado em 1976, que foi concebido após uma viagem em 1971 para a Grécia, onde tirou a idéia de um espaço ao ar livre, inspirado na Ágora grega. O parque é hoje um dos cartões postais mais famosos da cidade e carinhosamente chamado de "O Ibirapuera de Bauru", em alusão ao Parque Ibirapuera, de São Paulo, do também arquiteto Oscar Niemeyer.

 

Também é desse período a elaboração do primeiro Plano Diretor de Bauru, (concluído em 1968), cogitado desde o mandato do prefeito Nuno de Assis (dois mandatos anteriores à gestão Edmundo Coube), para tal documento, Jurandyr contribuiu diretamente, sendo o coordenador do Plano, e que até hoje é a base das discussões urbanisticas e políticas quando se trata do desenvolvimento de Bauru.

 

Esse período de grandes obras públicas na cidade é chamado de "A Era Feliz" da cidade de Bauru (segundo o professor e geógrafo Muricy Domingues),  outros memorialistas locais chamam esse período de "Bons Tempos", que compreendem os 14 anos que vão dos dois últimos anos do mandato do prefeito Dr. Nuno de Assis, passando por Alcides Franciscato (1969-1973), Edmundo Coube ( 1973-1977) e Osvaldo Sbeghen (1978-1981).

 

Depois vieram uma série de prédios que valorizaram a Avenida Nações Unidas, como o prédio da Companhia de Habitação de Bauru (COHAB) o prédio da sede regional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), o Terminal Rodoviário de Bauru e a sede do Sindicato do Comércio Varejista de Bauru (SINCOMÉRCIO).

 

Jurandyr era um amante da cultura e da arte, também é famoso por sempre ter contribuido para desenvolvimento do Carnaval de Bauru, participando ativamente da vida das escolas de samba, dos desfiles, da organização do evento e na promoção desta grande festa. Devido a seu trabalho e de outros carnavalesco e dirigentes de escolas de samba, Bauru ostentou durante muitos anos o título de "O melhor carnaval do Interior de São Paulo".

 

Em 2005, recebeu o prêmio Cosipa-Usiminas na Bienal Internacional de Arquitetura, pelo projeto do Posto RodoServ Star, localizado às margens da Rodovia Castelo Branco, no municipio de Pardinho, estado de São Paulo. Na época da inauguração, este posto foi considerado pela imprensa especializada como o melhor da América Latina.

 

Jurandyr foi membro do Conselho Internacional de Monumentos e Sítios (International Concil of Monuments and Sites - ICOMOS), da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). Integrou a comissão da UNESCO que na época estava avaliando a possibilidade de os guerreiros de terracota de Xian integrarem a lista de maravilhas do mundo antigo, como a oitava maravilha do mundo, sendo por isso homenageado na China com uma emissão especial de selo postal com sua fotografia.

 

Afastado de cargos públicos, mas não da vida política bauruense, em setembro de 2007 ele deixa o Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) e filia-se no Partido Popular Socialista (PPS) e no ano de 2008, nas eleições municipais, concorre à uma vaga de vereador na cidade de Bauru, sendo eleito.

 

Jurandyr participou de apenas duas sessões legislativas e faleceu devido a problemas cardíacos em 06 de fevereiro de 2009. 

 

Abaixo uma entrevista do jornalista bauruense Tuba Ferreira com Jurandyr Bueno Filho, no Programa Nota 10.

 

 

Jurandyr Bueno Filho
Jurandyr Bueno Filho, em sua mesa de trabalho nos anos 1960's
Jurandyr Bueno Filho no selo postal chinês

OBRAS SELECIONADAS:

 

> (1) Posto Rodoserv Star, Pardinho, São Paulo, Brasil (2001)

> (2) Reforma da Praça Rui Barbosa, Centro de Bauru, Brasil (2000)

> (3) Parque Vitória Régia (1976-1979)

> (4) Santuário do Sagrado Coração de Jesus, Bauru, Brasil (2000)

> (5) Campus e prédios da Universidade do Sagrado Coração, Bauru

> (6) Campus e prédios da Universidade do Sagrado Coração, Bauru

> (7) Praça Espanha/Itália, Bauru, Brasil (1970-71)

> (8) Praça República do Líbano, Bauru, Brasil (1971)

> (9) Avenida Nações Unidas, Bauru Brasil (1979)

> (10) Hospital "Centrinho" da USP, Bauru, Brasil (1985)

> (11) Zoológico Municipal de Bauru, Brasil (1980)

> (12) Hospital da Unimed de Bauru, Brasil (1992)

> (13) Terminal Rodoviário de Bauru, Brasil (1979-1981)

> (14) Praça da Bíblia, Bauru, Brasil (1973)

> (15) Restaurante Oriental Tayuy, Bauru, Brasil (2001)

Rodoserv Star
Rodoserv Star

> (1) Posto Rodoserv Star, Pardinho, São Paulo, Brasil (2001)

Reforma da Praça Rui Barbosa
Reforma da Praça Rui Barbosa

> (2) Reforma da Praça Rui Barbosa, Centro de Bauru, Brasil (2000)

Parque Vitória Regia
Parque Vitória Regia

> (3) Parque Vitória Régia (1979)

Santuário Sagrado Coração
Santuário Sagrado Coração

> (4) Santuário do Sagrado Coração de Jesus, Bauru, Brasil (2000)

Campus da USC
Campus da USC

> (5) Campus e prédios da Universidade do Sagrado Coração, Bauru (

Campus da USC
Campus da USC

> (6) Campus e prédios da Universidade do Sagrado Coração, Bauru

> (7) Praça Espanha/Itália, Bauru
> (7) Praça Espanha/Itália, Bauru

> (7) Praça Espanha/Itália, Bauru, Brasil (1970-71)

> (8) Praça República do Líbano
> (8) Praça República do Líbano

> (8) Praça República do Líbano

> (9) Avenida Nações Unidas, Bauru
> (9) Avenida Nações Unidas, Bauru

> (9) Avenida Nações Unidas, Bauru Brasil (1979)

> (10) Hospital "Centrinho" da USP
> (10) Hospital "Centrinho" da USP

> (10) Hospital "Centrinho" da USP, Bauru, Brasil (1985)

Zoológico Municipal de Bauru,
Zoológico Municipal de Bauru,

> (11) Zoológico Municipal de Bauru, Brasil (1980)

Hosp_Unimed_Bauru.jpg
Hosp_Unimed_Bauru.jpg

> (12) Hospital da Unimed de Bauru, Brasil (1992)

Terminal_Rodoviario_1979_1981.jpg
Terminal_Rodoviario_1979_1981.jpg

> (13) Terminal Rodoviário de Bauru, Brasil (1979-1981)

Praça_da_Biblia_Bauru_1973.jpg
Praça_da_Biblia_Bauru_1973.jpg

> (14) Praça da Bíblia, Bauru, Brasil (1973)

Rest_Tayu_Bauru_2001.jpg
Rest_Tayu_Bauru_2001.jpg

> (15) Restaurante Oriental Tayuy, Bauru, Brasil (2001)

Referencias:

 

- BAURU. Prefeitura Municipal. Fotos da Cidade. Disponivel em www.bauru.sp.gov.br/bauru.aspx?m=3. Acesso em 12 de julho de 2015

 

- BAURU. Prefeitura Municipal. Primeiros Tempos da Nossa Bauru - I. Disponível em http://www.bauru.sp.gov.br/arquivos/arquivos_site/publicacoes/Primeiros%20Tempos%20da%20Nossa%20Bauru.pdf. Acesso em 12 de julho de 2015.

 

- CNPQ - Curriculo Lattes. Jurandyr Bueno Filho. Endereço para acessar este CV: http://lattes.cnpq.br/6572374436494837. Acesso em 12 de julho de 2015.

 

- DOMINGUES, Muricy. Jurandyr: em nome de seus professores. 12 de fevereiro de 2009. Jornal da Cidade de Bauru. Disponivel http://www.jcnet.com.br/editorias_noticias.php?codigo=149816&ano=2009. Acesso em 12 de julho de 2012.

 

- FRANCISCATO, Alcides. Entrevista ao Jornal da cidade em 07 de fevereiro de 2009. Disponivel em http://www.jcnet.com.br/editorias_noticias.php?codigo=149529&ano=2009, Acesso em 12 de julho de 2015.

 

- PRATA CONSTRUTORA. Empreendimentos. Disponível em http://www.prataconstrutora.com.br/obras-particulares/. Acesso em 12 de julho de 2015.

 

- Santurário Diocesano do Sagrado Coração de Bauru. Construção - disponivel em http://www.santuarioscj.org.br/, Acesso em 12 de julho de 2015.

Como citar este documento:

Enciclopædia Biográfica de Arquitetos Digital

Autor(es) do verbete:: DURANTE, Silvio
Título: Jurandyr Bueno Filho

Documento nº: F03
Disponível na Internet via: 
Última atualização: 12/07/2015

Início

Índice A-Z

Enciclopédia Biográfica de Arquitetas e Arquitetos Digital