ENCICLOPÆDIA

BIOGRÁFICA DE

ARQUITETAS e ARQUITETOS

DIGITAL 

"EBAD" - DESDE 2015 - by Silvio Durante
Fernando Luis Cardoso de Meneses Teixeira e Távora
♦ 25 de agosto de 1923, Santo Idelfonso, Porto, Portugal
† 03 de setembro de 2005, Matosinhos, Portugal

PERFIL BIOGRÁFICO:

 

Fernando Luís Cardoso de Menezes de Tavares e Távora nasceu em 25 de Agosto de 1923 na freguesia de Santo Ildefonso, no Porto, no seio de uma família conservadora, descendente da nobre linhagem dos Távoras.

 

É filho de Dom José Pinto de Tavares Ferrão de Dona Maria José Lobo de Sousa Machado e Couros. Foi Senhor da Casa da Covilhã, Fermentões (Guimarães), mas, ao contrário dos seus irmãos, Bernardo Ferrão de Tavares e Távora e Rodrigo Ferrão e Noronha, não usou o título de Dom em seu nome.


Passou os primeiros anos da sua vida nas propriedades da família, no Minho, na Bairrada e nas praias da Foz do Douro, revelando desde cedo a sua aptidão para o desenho e o seu interesse por casas e outras construções antigas.


Concluído os estudos iniciais no Liceu Alexandre Herculano, em 1940, e em seguida fez o exame de admissão à Escola de Belas Artes do Porto, em 1941, para frequentar o Curso Especial de Arquitetura, contrariando a vontade da sua família que o queria ver licenciado em Engenharia Civil, que eles acreditavam ser mais prestigiante e mais condizente com a sua condição social.

 

Durante quatro anos frequentou o Curso Especial de Arquitetura, inscrevendo-se de seguida no Curso Superior de Arquitetura, em Setembro de 1945. Nos anos seguintes, 1946 e 1974 realizou vários projetos que envolviam desde construção geral, composição decorativa, passando até por arqueologia e urbanização.


Em 1947 publicou o ensaio "O problema da casa portuguesa. Falsa arquitectura. Para uma arquitectura de hoje", onde sintetizou a noção de uma arquitetura moderna, mas enraizada na cultura, e onde chamou a atenção para a necessidade de um estudo científico da arquitetura popular portuguesa.

 

Em 1952, no Concurso para a Obtenção do Diploma de Arquiteto (CODA), apresentou o projeto Uma Casa sobre o Mar, com o qual obteve brilhante classificação.

 

Entre 1951 e 1959, nos Congressos Internacionais de Arquitetura Moderna, da Conferência Internacional de Artistas da UNESCO de Veneza, Hoddesdon, Aix-en-Provence, Dubrovnik and Otterlo, onde conheceu, entre outros, a figura mítica do arquiteto Le Corbusier.

 

Em 9 de Fevereiro de 1954 ele se casou no Mosteiro de Nossa Senhora do Pilar, em Santa Marinha, Vila Nova de Gaia, com Dona Maria Luísa Rebelo de Carvalho Menéres (1930-), licenciada em Artes Plásticas pela Escola Superior de Belas-Artes do Porto, de quem teve três filhos: José Bernardo Menéres de Tavares e Távora, Maria José Menéres de Tavares e Távora e Luísa Teresa Menéres Tavares e Távora.


Em 1955, integrou a equipa responsável pelo estudo intitulado "Inquérito à Arquitectura Regional Portuguesa", um trabalho pioneiro no estudo da arquitetura nacional, promovido pelo Sindicato Nacional dos Arquitetos e publicado em 1961.


A sua longa e marcante carreira de docente universitário ligou-se, essencialmente, a três instituições: à Escola Superior de Belas Artes do Porto (ESBAP), onde começou a lecionar, a Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto (FAUP), que ajudou a instalar (foi Presidente da sua Comissão Instaladora) e à Universidade de Coimbra, mais concretamente ao Departamento de Arquitetura da Faculdade de Ciências e Tecnologia, constituído com a sua colaboração nos anos oitenta do século XX.

 

Entre 1957 e 1958 prestou assistência na ESBAP. Em 1962, foi nomeado Professor Agregado e no ano seguinte, 1963, tomou posse das funções de 1º Assistente do 1º Grupo da ESBAP.

 

Em 1970 (14 de Abril), foi contratado para professor do 1º Grupo, mantendo-se no cargo até 13 de Maio de 1986. Nesse período ele foi professor e Alvaro Siza. Na FAUP foi professor associado, entre 1986 e 1989, e professor catedrático de  1989 a 1993. Pediu a aposentadoria em 1993.


Os seus projetos arquitetônicos construídos, destaca-se o Mercado Municipal de Santa Maria da Feira (1953-59), o Pavilhão de Ténis da Quinta da Conceição, em Matosinhos (1956-1960), a Casa de Férias no Pinhal de Ofir, em Fão (1957-1958), a Ampliação das instalações da Assembleia da República, em Lisboa (1994-1999) ou a Casa da Câmara/Casa dos 24, no Porto (1995-2002), que refletem um forte sentido de responsabilidade social aliado à funcionalidade da obra, premissas do modernismo que ele era adepto.

 

Na área da conservação do património deixou trabalhos inigualáveis, como a recuperação do Convento de Santa Marinha da Costa e sua transformação em Pousada (1975-1984) e a redescoberta e reabilitação do Centro Histórico de Guimarães (1985-1992), classificado como Património da Humanidade pela UNESCO em 2001; o projeto de remodelação e expansão do Museu Nacional de Soares dos Reis (1988-2001) e o restauro exemplar do Palácio do Freixo e áreas envolventes, no Porto (1996-2003).


Foi também arquiteto da Câmara Municipal do Porto e Consultor da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia, do CRUARB (Comissariado para a Recuperação Urbana da Área da Ribeira - Barredo), da Comissão de Coordenação da Região Norte e do Gabinete Técnico da Câmara Municipal de Guimarães. Foi Membro Conselheiro do Comité de Cursos de Campo de Arquitetura da Comunidade Económica Europeia.


Morreu vítima de cancro, no dia 3 de Setembro de 2005, no Hospital Pedro Hispano, em Matosinhos.

 

O Governo Português criou, em sua homenagem, o Prêmio Fernando Távora de Arquitetura no ano de 2005, que é atribuído a todos os arquitetos inscritos na Ordem dos Arquitectos de Portugal que apresentem a melhor proposta de viagem de investigação arquitetônica.

Fernando Távora

Encontro de gênios:

Durante o 8º CIAM, em Hoddesdon, Inglaterra: Fernando Távora no centro com, Le Corbusier, Tange e outros arquitetos.

DA ESQUERDA PARA A DIREITA: ALEXANDRE ALVES COSTA, SERGIO FERNANDEZ, JOSÉ GRADE, ALCINO SOUTINHO, FERNANDO TÁVORA E ÁLVARO SIZA EM VISITA À ACRÓPOLE DE ATENAS, 1976

OBRAS SELECIONADAS:

 

> (1) 1953-1959 - Mercado Municipal de Santa Maria da Feira 

> (2) 1953-1959 - Mercado Municipal de Santa Maria da Feira 02

> (3)1975-1984 - Restauro e adaptação do Convento de Santa Marinha em Pousada 01

> (4) 1975-1984 - Restauro e adaptação do Convento de Santa Marinha em Pousada 01

> (5) 1987-1993 - Restauro e adaptação do Mosteiro de Refóios do Lima a Escola Superior Agrária, Ponte de Lima

> (6) Casa de Chá da Boa Nova (Leça da Palmeira, POR, 1958-63)

> (7)Casa dos 24, antes do Restauro de Távora

> (8)Casa dos 24, depois do Restauro de Távora

> (9)Pavilhão de Ténis da Quinta da Conceição, em Matosinhos (1956-1960)

01 (4).jpg
01 (4).jpg
01 (3).jpg
01 (3).jpg
01 (6).jpg
01 (6).jpg
01 (5).jpg
01 (5).jpg
01 (7).jpg
01 (7).jpg
01 (8).jpg
01 (8).jpg
01 (0).jpg
01 (0).jpg
01 (1).jpg
01 (1).jpg
01 (2).jpg
01 (2).jpg

 - Referencias:

 

- ANDRADE, SÉRGIO C. Universidade do Porto homenageia o arquitecto Fernando Távora. Disponivel em http://www.publico.pt/culturaipsilon/noticia/universidade-do-porto-homenageia-o-arquitecto-fernando-tavora-1595180. Publicado em 23/05/2013.  Acesso em 15 de janeiro de 2016.

 

- GLANCEY, Jonathan. Guia Ilustrado de Arquitetura. Trad. Laura Alves e Aurélio Rebello. Rio de Janeiro: Zahar, 2012.

 

- GOMES, Francisco Portugal.Restauro e Reabilitação na Obra de Fernando Távora. Portal Vitruvius in 095.01ano 08, abr. 2008. Disponivel em http://www.vitruvius.com.br/revistas/read/arquitextos/08.095/147.  Acesso em 15 de janeiro de 2016.

- UNIVERSIDADE DO PORTO. Antigos Estudantes Ilustres da Universidade do Porto - Fernando Távora. in Memória da U.Porto. Disponivel em https://sigarra.up.pt/up/pt/web_base.gera_pagina?p_pagina=antigos%20estudantes%20ilustres%20-%20fernando%20t%C3%A1vora. Acesso em 15 de janiero de 2016.

Como citar este documento:

Enciclopædia Biográfica de Arquitetos Digital

Autor(es) do verbete:: DURANTE, Silvio; SILVA, Sandra M. L.
Título: Fernando Távora

Documento nº: T16

Disponível na Internet via: www.ebad.info/tavora-fernando
Última atualização: 15/01/2016

Início

Índice A-Z

Enciclopédia Biográfica de Arquitetas e Arquitetos Digital